Tamanho Fonte:

 
Untitled Document
 
   

SOBRE O GOLFE

 

ONDE JOGAR

 

_ História do Golfe no Mundo

_ Campos de Golfe no Brasil

_ História do Golfe no Brasil

_ Hotéis e Resorts

_ O Campo de Golfe

_ Condomínios Residenciais com Golfe

_ Notícias

_ Campos Mais Bonitos do Brasil

_ Regras Internacionais de Golfe

_ Campos Mais Bonitos do Mundo

_ Regras do Estatuto de Amador

_ Calendários de Eventos

_ Etiqueta

_ Associações e Clubes

_ Equipamentos

_ Glossário do Golfe

DIVERSOS

_ Ranking de Jogadores

_ Dicas Amadores

_ Lojas e Serviços Especializados

_ Dicas Profissionais

_ Carrinhos de Golfe

_ Minigolfe

_ Biografia de Tiger Woods

_ Impacto Econômico

_ Sistemas de Drenagem e Irrigação

_ Perfil do Jogador

_ Publicidade

_ Curiosidades

GOLFISTAS TAMBÉM GOSTAM DE                                                        

VIÚVAS DO GOLFE DO BRASIL

Conheça as atividades das esposas de jogadoras de golfe no Brasil enquanto seus maridos jogam em campos longe da cidade



Se você acha que não tem coisa pior do que perder o marido ou namorado para o jogo de futebol de domingo, está enganada. Difícil acreditar, mas a coisa pode ser pior, aliás, bem pior. Existe um esporte que toma muito mais tempo do que o sagrado futebol dominical e exige extrema paciência e compreensão: o golfe, que deixou de ser um esporte apenas de milionários e começa a se difundir em outras camadas sociais e atrair mais adeptos a cada dia.

Segundo a Federação Paulista de Golfe (FPG), só em São Paulo já são mais de três mil homens adultos filiados. O que significa que mais de três mil mulheres podem estar abandonadas aos finais de semana! Elas são conhecidas como as viúvas do golfe, justamente por terem que aprender a lidar com a longa ausência de seus parceiros.

As mulheres de golfistas estão destinadas a passar muito mais tempo longe de seus maridos e namorados durante as partidas, porque além da famosa confraternização pós-jogo, que ocorre em todos os estilos de esporte, o golfe tem duração de jogo maior. Enquanto uma partida de futebol dura 90 minutos, a de golfe chega a durar quatro horas, quase três vezes mais. E isso não é exclusivo às mulheres de golfistas profissionais: muitos amadores aproveitam as horas livres dos finais de semana para treinar mais.

Normalmente os jogos acontecem aos sábados ou domingos de manhã. Ou seja, contando o tempo de duração da partida, mais o de confraternização, mais o de viagem (campos de golfe costumam ficar em locais afastados das cidades), se o golfista sair de casa às 9 horas da manhã, com sorte voltará para casa por volta das 17 horas da tarde, morto de cansaço! Isso quando não acontece um campeonato. Nesses casos, podem ser somadas umas três horas a mais nessa conta ou chegar mesmo a ocupar um final de semana inteiro. golfe.tur.br




Foto: www.realpointgreece.com


Diante de situação tão triste, as viúvas do golfe precisaram arrumar uma maneira de se divertir enquanto seus companheiros jogam. Elas se uniram para promover eventos como o pré-carnaval ou jantares de finais de ano, todos com traje a rigor ou fantasias. As festas são sempre animadas, com música, comida e bebida de boa qualidade. É comum também que os maridos e namorados promovam eventos em homenagem às suas companheiras para agradecer a compreensão delas.

Com tanto agito, vale a pena ser paciente durante os jogos de golfe e até quem sabe arriscar umas aulinhas para entrar no clima. Muitas mulheres optam por entrar de vez no universo do marido e acompanhar todos os jogos de perto, para isso, aprendem algumas lições do esporte e até mesmo carregam os tacos.